Aldemir Martins

Pintor, desenhista,gravador, ilustrador e escultor. Nasceu em Ingazeiras, Município de Aurora, Ce, em 1922. Foi um dos introdutores da arte moderna no Ceará, na década de quarenta.
No ano de 1942 fundou o Grupo Artys e a SCAP, Sociedade Cearense de Artes Plásticas, com Mário Baratta, Antônio Bandeira e outros.
Neste mesmo ano também expôs pela primeira vez, no II Salão de Pintura do Ceará. Trabalhou como ilustrador para os jornais “O Unitário”, “Correio do Ceará” e “O Estado”, e também ilustrou livros de intelectuais cearenses.
Em 1946 em São Paulo realizou sua primeira individual no Instituto dos Arquitetos do Brasil.
No ano de 1947 estabeleceu-se em São Paulo, a fim de participar de várias Bienais Internacionais.
Um ano mais tarde, participou da coletiva “19 Pintores”, sob a promoção da União Cultural Brasil – Estados Unidos, onde recebeu o 3º prêmio, sua primeira premiação. Somente cinco anos depois de desembarcar em São Paulo, ganhou o seu primeiro prêmio de grande projeção: o  “Prêmio Olívia Guedes Penteado”, o único prêmio na categoria desenho, concedido na I Bienal Internacional de São Paulo, em 1951, com o desenho “O Cangaceiro”.
No ano de 1955, obteve o prêmio de Melhor Desenhista Nacional.
Em 1959, obteve o prêmio de Viagem ao Estrangeiro do Salão Nacional de Arte Moderna, no Rio de Janeiro.
Em 1956, recebe o 1º prêmio em Desenho na Bienal Internacional de Veneza, sendo até hoje, o único artista latino americano a ser premiado nesta bienal.
Em 1972, recebe o 1º Prêmio da Bienal dos Esportes, em Barcelona.
Em 1956, conquistou a láurea mais importante de sua carreira, a grande consagração internacional: o prêmio “Presidente Dei Consigli dei Ministeri”, atribuído ao melhor desenhista internacional, na XXVIII Bienal de Veneza, Itália
Realizou mais de 300 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no Exterior.
Recebeu dezenas de outros prêmios, além de Títulos de cidadania, Títulos de Doutor Honoris Causa, Comendas e Honrarias, tanto no Brasil como no exterior.
No ano de 1982 lhe foi outorgado o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal do Ceará.
São inúmeros exposições e prêmios conquistados por este artista que já atuou como cartógrafo, desenhista, pintor, ilustrador, monitor, professor de desenho, projetista gráfico, cenógrafo, escultor, ourives e ceramista.
Um grande painel de sua autoria, em Vidrotil – 28m de comprimento – ocupa uma das paredes externas do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura em Fortaleza, na Praia de Iracema.
Uma escutura de grandes dimensões, chamada de A Morena do Pajeú, pode ser vista no Parque das Esculturas, em Fortaleza.
Este parque, iniciativa da Câmara de Dirigentes Lojistas, possui esculturas dos principais artistas contemporâneos cearenses.
Está situado no centro da cidade, anexo a sede da CDL, entre a Rua 25 de Março e Av. Dom Manuel, com acesso público e gratuito.
Aldemir Martins continua produzindo intensamente apartir de seu ateliê em São Paulo.
Suas obras estão presentes em coleções particulares e nos acervos dos principais museus do Brasil e do Exterior.


Pesquisa e Texto:
Roberto Galvão – Artista Plástico e Pesquisador

Para saber mais sobre artes  veja 
Para saber mais sobre as datas veja
Para saber mais sobre os locais veja
Veja mais em Cultura  |

Museus

Museu do Ceará

O Museu do Ceará está instalado no Palácio Senador Alencar, local onde funcionou a Antiga Assembléia Provincial
É um dos Edifícios Históricos de Fortaleza.
É um museu com grande acervo histórico e antropológico.
No acervo inclusive a tela “Fortaleza Liberta” de José Irineu de Souza, uma das mais importantes obras da pintura cearense do século XIX.

Rua São Paulo, 51 – Centro – Fone: (85) 3101-2606 / (85) 3101-2610
Cep: 60030-100 – Fortaleza

Funcionamento:
Terça a Sexta: 08:30 às 17:00
Sábados: 08:00 às 14:00 h
Domingos: 14:00 às 17:00 h
Entrada gratuita às terças-feiras


Mini Museu Firmesa
Um acervo com um significativo panorama da arte cearense.

Via Férrea, 259 – Mondubim
Fone: (85) 3298-1537
Cep: 60765-760
Fortaleza – Ce.

Funcionamento
Segunda a Sexta: 09:00 às 11:00 h e das 15:00 às 17:00 h


Museu Arthur Ramos (Anexo à Casa de José de Alencar)
Acervo de rendas, objetos ligados ao período dos escravos e a cultura negra.  Possui uma coleção de pinturas do artista Floriano Teixeira tendo por tema as personagens das obras do escritor José de Alencar.

Av. Washington Soares s/n – Messejana – Fone: (085) 3229-1898
Cep: 60840-000
Fortaleza – Ce.

Funcionamento:
Segunda a Sexta: 08:00 às 12:00 h e das 14:00 às 17:30 h


Museu do Parto

Um tributo ao Prof. Galba Araújo
Foi inaugurado em 18 de outubro de 2002, nas dependências da Maternidade Escola Assis Chateaubriand, hospital da Universidade Federal do Ceará.
Estudos históricos e antropológicos têm revelado que, há menos de três séculos, a maioria das mulheres de todas as raças e culturas, durante o trabalho de parto, adotava uma postura vertical, mantendo o tronco ereto nos períodos de dilatação, e expulsão do feto e da placenta.

Hall da Maternidade Assis Chateaubriant
Rua Coronel Nunes de Melo, s/n – Rodolfo Teófilo
Campus do Porangabuçu

Funcionamento:
Segunda a Quinta: das 16:00 às 18:00 h.


Museu da Cachaça

Localizado no Município de Maranguape, na Grande Fortaleza, este museu proporciona um passeio histórico sobre a história da Cachaça, a mais Brasileira das bebidas.
A Família Teles, estabelecida na região desde 1846, dirige o Grupo Ypioca que além de ser uma dos maiores fabricantes da cachaça do Brasil, atua também nas áreas de agropecuária, papel, papelão, embalagens plásticas e águas minerais.
O Grupo Ypioca gera 1900 empregos diretos e 10.000 empregos indiretos.
Todo o ciclo histórico da cana-de-açucar é contado através de fotos, documentos, máquinas, equipamentos e cenários com personagens móveis em tamanho natural (diorama).
Destaque para o maior tonel de madeira do mundo com capacidade para 370.000 litros.
No local, um autentico botequim (bar popular típico do Ceará) oferece diversos tipos de degustações da bebida.
O visitante também pode percorrer um trecho através de um dos canaviais da região.

Rodovia Ce-065 – Fortaleza Maranguape
Entrada no 4Km após o Posto da Polícia Rodoviária.

Funcionamento:
Terça a Domingo: das 08:00 às 17:00 h
Fones: (85) 3341-0407 – (85) 9111-8758


Museu da Imagem e do Som – MIS
Acervo para consultas através de fitas cassete, filmes, slides e CD-ROMs.
Biblioteca com acervo sobre cinema.

Av. Barão de Studart, 410 – Aldeota – Fone: (85) 3264-2462
Cep: 60120-000
Fortaleza

Funcionamento:
Segunda a Sexta: 09:00 às 12:00 h e das 14:00 às 18:00 h


Museu das Secas
Rua Pedro Pereira s/n – Centro – Fone: (85) 3281-6444
Cep: 60035-000
Fortaleza

Funcionamento:
Seg à Sex:13:30 às 17:00 h.


Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará
O melhor acervo de artistas cearenses.
Obras de Antônio Bandeira, Aldemir Martins, Raimundo Cela, Chico da Silva, Vicente Leite.
Possui obras de Picasso, além de importante coleção de gravuras.
No acervo do Museu, encontra-se a maior coleção do mundo de Xilogravuras de Capas de Literatura de Cordel.

Av. da Universidade, 2854 – Benfica – Fone: (85) 3281-3144
Cep: 60020-181
Fortaleza

Funcionamento:
Terça a Sexta: 08:00 às 12:00 h
Sábados: 13:00 às 17:00 h


Museu de Arte e Cultura Populares
(Anexo a Empresa Cearense de Turismo)

Um verdadeiro panorama da arte popular cearense pode ser visto no Museu de Arte e Cultura Populares, com destaque para as esculturas do Artista Popular Nino e para os bonecos de mamulengo de Pedro Boca Rica.

Rua Senador Pompeu, 350
Anexo ao Centro de Turismo – Centro
Cep: 60025-000
Fortaleza – Ce.

Funcionamento:
Segunda a Sexta: 08:00 às 17:30 h
Sábados: 08:00 às 14:00 h


Museu de Artes da Contemporânea do Ceará

Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
Exposições regulares com o melhor da arte contemporânea local, nacional e internacional.

Rua Dragão do Mar, 81- Praia de Iracema
Fone: (85) 3488-8600
Cep: 60060-390 Fortaleza – Ce.
dragao@dragaodomar.org.br

Funcionamento:
Diariamente a partir das 14 h


Museu de Fortaleza

Antigo Farol do Mucuripe
Tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional o antigo farol está localizado na Esplanada do Mucuripe próximo ao Cais do Porto.
O prédio foi restaurado nos anos 80.
Atualmente é um museu com peças referenciais sobre a Fortaleza antiga.
Aos sábados excursões saem em direção a Praia Mansa, que fica nas proximidades e que além de abrigar um Parque Eólico para geração de energia elétrica, proporciona uma das mais belas vista de Fortaleza. Confirme antes de ir.

Rua Vicente de Castro s/n – Esplanada do Mucuripe
Fone: (85) 3263-1115
Fortaleza


Museu de Paleontologia da Universidade do Crato

Acervo de peças de paleontologia, zoologia e geologia.

Rua Coronel Antonio Luiz, 1161 – Fone: (88) 3523-1677
Crato – Ce.


Museu do Automóvel

Um dos mais completos museus sobre veículos antigos.
Com cerca de 55 modelos de carros antigos, é mantido por uma associação de colecionadores, e é o único do seu tipo no Nordeste.

Rua Des. Manoel Sales de Andrade, 70 – Água Fria
Próximo ao Centro de Convenções – Fone: (85) 3273-3129
Cep: 60811-420 – Fortaleza

Funcionamento
Segunda a Sábado: 09:00 às 12:00 h e das 14:00 às 17:00 h
Domingos: 09:00 às 13:00 h


Museu do Crato

Acervo de peças históricas da região do Cariri. Significativa coleção de pintura de artistas nacionais e cearenses, com destaque para a coleção de obras da artista Sinhá D’Amora.

Rua Senador Pompeu, 502 – Centro – Fone: (88) 3523-2055 R-30
Cep: 63100-000
Crato – Ce.

Funcionamento:
Segunda a Sexta: 09:00 às 11:30 h e das 14:00 às 17:00 h


Museu do Instituto Jaguaribano

O Museu do Instituto Jaguaribano está localizado na cidade de Aracati a 130 Km de Fortaleza.
Um acervo de peças da história do Ceará, mobiliário de época e uma coleção de imagens sacras oriundas de igrejas e capelas da região jaguaribana.

Rua Cel. Alexanzito, sn – Centro
Cep: 62800-000
Aracatí – Ce.

Funcionamento:
Terça a Domingo: 08:00 às 12:00 h e das 14:00 às 18:00 h


Museu Professor Benito Tavares

Homenageia o fundador da Academia Cearense de Odontologia.

Rua Almirante Barroso, 970 – Fone: (85) 3219-3374
Cep: 60060-440
Fortaleza


Museu Sacro D. José Tupinambá da Frota

No Município de Sobral, reúne uma importante coleção de vidros, porcelanas e louças do século XIX e arte sacra dos séculos XVIII e XIX.

Av. Dom José Tupinambá, 787
Fone: (88) 3611-3525
Cep: 62040-710
Sobral – Ce.

Funcionamento:
Segunda a Sexta: 09:00 às 11:30 h e das 15:00 às 17:30 h


Museu Sacro São José do Ribamar

No Município de Aquiraz, na região metropolitana de Fortaleza. Acervo de obras sacras.
Obras do Mestre Bibi destacando-se uma via sacra, a imagem de Santana, em madeira policromada, e a via sacra realizada.

Praça Cônego Araripe, 12
Cep: 61700-000
Aquiraz – Ce.


Museu de Cariré

Localizado no Município de Cariré na zona norte do Estado.
Acervo com mais de 10.000 peças – fotos, ferramentas, máquinas e um fóssil com mais de 100 milhões de anos, encontrado na região.


Memorial da Propaganda

Funciona no Mercado Central de Fortaleza. Instalado no sub-solo.

Avenida Alberto Nepomuceno, 199 – Centro
Fortaleza – Ce.

Funcionamento
Segunda à Sexta das 08:00 h às 18:00 h.
Sábados e Domingos das 08:00 h às 17:00 h

História e Equipamentos (Continuação – 2)

PLANETÁRIO RUBENS DE AZEVEDO

Concebido pela Carl Zeiss Jena, a mais antiga e conceituada fábrica de planetários do mundo, o planetário do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, modelo ZKP3 de tecnologia Alemã, tem capacidade para 90 pessoas, oferecendo seções dirigidas aos vários públicos.
Com a projeção dos diversos fenômenos celestes, leva o expectador a desbravar as belezas e mistérios do universo. O planetário Rubens de Azevedo conta ainda com 20 projetores multimídia com múltiplos efeitos óticos inclusive efeito zoom o que o coloca entre os mais modernos planetários do mundo.O planetário Rubens de Azevedo é único no Brasil equipado para projetar o arco íris.

Rubens de Azevedo – O Caçador de Estrelas

Nascido em 30 de Outubro de 1921 na cidade de Fortaleza, o astrônomo cearense Rubens de Azevedo é autor entre outros dos seguintes livros: Selene, a lua ao alcance de todos; Lua degrau para o infinito; No mundo da Estelândia; Na era da Astronáutica; Lenda feita de pedra; O cometa de Halley e a Bandeira Nacional.

Foi pioneiro ao criar, em 1947, a primeira Sociedade Brasileira dos Amigos da Astronomia (SBAA), e, em 1948 fundar o primeiro observatório popular Brasileiro, o Observatório Popular Flammarion e também, a Sociedade Brasileira de Selenografia, em São Paulo.
No mesmo ano, desenhou o Primeiro Mapa Lunar Brasileiro,com 80 cm, que se encontra exposto no Museu Nacional de Astronomia.
Durante um eclipse lunar, descobriu um vale lunar, cuja existência foi confirmada por observatórios chilenos, os quais à época, sugeriram à União Astronômica Nacional a atribuição do nome “Vale Azevedo”.
Descobriu também um fenômeno Lunar Transitório na Cratera Aristarco, confirmado pelo astronauta Edwin Aldrin quando em órbita lunar.

Foi professor de Selenografia na Escola Municipal de Astrofísica em São Paulo, professor assistente de Astronomia e Astronáutica da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Sorocaba e professor de Geografia Astronômica na Universidade Estadual do Ceará

F
undou o Observatório Astronômico da Paraíba e participou durante seis anos como membro ativo do Lunar International Observers Network, criado pela Nasa para assessorar as missões Apolo.É responsável pela instalação de associações e clubes de Astronomia e de observatórios e planetários no Brasil.É pioneiro na luta pela implantação de um planetário no Ceará.

O professor Rubens de Azevedo continua morando em Fortaleza, desenvolvendo estudos sobre astronomia e particularmente sobre a Lua, sendo uma das mais respeitadas autoridades astronômicas mundiais.

A palavra selene, é de origem grega e significa Lua.

TEATRO DO CENTRO DRAGÃO DO MAR

Dispõe 564m² de área total, uma caixa cênica 14,00 x 8,80m, dois camarins,sala de apoio, 02 banheiros, 114m² de hall de entrada, e uma área de 271m² de platéia com 246 confortáveis poltronas.

Equipado com oito varas de cenário, seis varas de luz móveis, uma vara de luz fixa, mesa de luz DMX com saída de potência para 114 canais, equipamento de som (Deck e CD) e aparelho de projeção de vídeo e telão.

É equipado ainda, com ciclorama, oito pernas laterais, dois reguladores de boca de cena, cortinas, bambolina e noventa e dois refletores.
Oferece as condições ideais para espetáculos de artes cênicas e concertos acústicos de música instrumental popular e erudita.

ANFITEATRO SÉRGIO MOTA

Com uma área total de 860 m² o anfiteatro dispõe de 384m² de arquibancada com capacidade para uma platéia de 900 pessoas. Uma área de 320 m² é ocupada por 02 camarins e palco. Dispões ainda de um espaço livre com 156 m² .

AUDITÓRIO

Com capacidade para 100 pessoas, dispõe de 104,50m² de área de platéia e 22, 80m² de cabine e palco. Dotado de um moderno sistema de projeção de vídeo com interface para projeções multimídia.

<< ANTERIOR | PRÓXIMA >>

Centros Culturais

em FORTALEZA

Rua do Rosário, 1 – Centro
Fone: (85) 231-5699 | Fax: (85) 253-4275
Horários:
Segunda à Sexta Feira das 08:00 às 12:00 horas

  • Academia Cearense de Letras

Rua do Rosário, 1 – Centro
Fone: (85) 3253-0489
Horários:
Segunda à Sexta Feira das 08:00 às 12:00 horas

  • Casa Amarela Eusélio Oliveira

Núcleo de estudos de cinema.
Universidade federal do Ceará.

Av. Universidade, 2591 – Benfica
CEP: 60020-180
Fone: (85) 3231- 9291
Fortaleza – Ceará
Confira a programação antes da visita.

  • Centro Cultural do Abolição

Localizado no térreo do Palácio da Abolição,
antiga sede do Governo do Estado,
o Centro Cultural é uma galeria de exposições
temporárias mantida pela Secretaria da Cultura.

Av. Barão de Studart, 505 – Aldeota
Fone: (85) 3244-0518 – Fone: (85) 3264-4547
Cep:60120-000
Fortaleza – Ceará
Confira a programação antes da visita.

  • Centro Cultural do Banco do Nordeste

Rua Floriano Peixoto, 941 – Centro
Fone: (85) 3488-4100
Fortaleza – Ceará
Confira a programação antes da visita.

  • Centro Cultural do SESC

Teatro Emiliano Queiroz e Galeria do SESC.
Promove regularmente apresentações de
Companhias de Teatro e exposições de artistas cearenses
e mostras itinerantes organizadas pelo SESC nacional.

Rua Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro
Fone: (85) 3452-9090 | 3452-9066 Teatro
Cep:60351-131
Fortaleza – Ceará
Confira a programação antes da visita.

  • Centro Cultural Oboé

Exposições de artes plásticas.
Apresentações de teatro, poesia,
cinema, ópera, musica e literatura.
Expressivo acervo de obras dos principais
artistas cearenses, destacando-se:
Aldemir Martins, Barrica, Vicente Leite,
Raimundo Cela e Floriano Teixeira.

Rua Maria Tomásia, 531 – Aldeota
Fone: (85) 3264-7038
Fortaleza – Ceará
Funcionamento
Seg a Sab: das 10:00 às 20:00 h

  • Centro de Referência do Professor

Fundação Cultural de Fortaleza
Funciona no prédio do Antigo Mercado Central.
O prédio foi restaurado e adaptado para vários ambientes
que atendem aos professores da rede municipal de ensino,
aos alunos das escolas públicas e ao público em geral,
com acesso a internet, salas de treinamento,
cursos diversos e um espaço cultural com a
Galeria de Arte Antônio Bandeira.

Rua Conde D’Eu,590 – Centro
Fone: (85) 3488-7694
Cep:60055-070
Fortaleza – Ceará
Funcionamento:
Seg a Sex das 08:00 às 21:30 h
Sábados: das 08:00 às 17:00 h
Domingos: das 08:00 às 15:30 h

Museu de Arte Contemporânea, Planetário,
Exposições Memorial da Cultura Cearense,
Anfiteatro, Shows, Cinema de Arte,
Livraria e Restaurante Café.

Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema
Fone: (85) 3488-8600
Funcionamento:
Terça a Sexta das 10:00 h às 16:30 h
Sábados e Domingos das 14:00 h às 20:30 h

Acesso gratuito aos museus para menores de 06 anos acompanhados dos pais e para maiores de 65 anos.
Acesso gratuito para alunos de escolas públicas.

Visitação gratuita aos domingos.

  • Espaço Cultural da ADUFC

Exposições de artistas cearenses.

Av.Treze de Maio, 2686 – Benfica
Fone: (85) 3281-2570
Cep:60040-530
Fortaleza – Ceará
Confira a programação antes da visita.


em JUAZEIRO DO NORTE

  • Centro Cultural Popular Mestre Noza

Exposição e comercialização de produtos de mais de 170 artesãos.

Rua São Luiz, 93 – Centro
Juazeiro do Norte, Ce.
Horário de Funcionamento:
Segunda à Sexta:
das 08:00 às 11:30 h e das 14:00 às 18:00 h.
Sábados: das 08:00 às 13:00 h